jan 272010
 

Nossos filhos no nosso trabalho?

É o sonho de toda mãe que quer estender a amamentação, que não tem com quem deixar o filho (meu caso) e que quer aquele bebezinho fofo e cheiroso no colo o tempo todo, mas agora vamos deixar de sonhar e voltar para a realidade.

Crianças desejam atenção exclusiva, crianças choram, fazem birras, adoecem, são curiosas e mechem em tudo, elas fazem barulho, precisam dormir, sentem fome, calor, frio, fazem xixi e coco. Enfim… Precisam de uma rotina especial para elas, pro desenvolvimento saudável.

O trabalho geralmente é um lugar estressante, com muitos barulhos, muitas pessoas e já pensou um bebezinho nesse meio? E ainda existem as bactérias e vírus? Acho desnecessário esse desgaste.

Imagina uma criança ouvir o chefe dando bronca na mãe? Trabalho não é ambiente para criança. Criança precisa mesmo é de aconchego, paz, compreensão, lugar limpo e amplo para o seu desenvolvimento.

Levar vez ou outra (ou seja, de vez em nunca rs) eu até concordo porque imprevistos acontecem, mas todos os dias? Estressar a criança à toa? Não pode gente.

Imagine-se com um bebe no colo chorando e você tentando fechar um super negocio com um cliente? O Cliente vai se sentir desconfortável com a situação e o negocio já era.

Sou a favor de empresas que são compreensivas que abrem mão de horários pra mãe ou pai poderem buscar o filho na escola e um almoço sossegado, sou a favor da empresa que não corta o ponto por causa de 20 min de atraso porque o filho fez charminho na hora de ficar na escola. Empresas que abrem mão de duas horinhas pra mãe poder levar o filho ao medico.

Sou também a favor das empresas que tem creche ou escolinha perto porque é tão confortante saber que o bebe está bem e esta perto da mãe ou do pai.

“A criança sempre humaniza mais as pessoas” Mas por incrível que possa parecer tem gente que fica desumanizada com o barulho de criança. Então existe todo um ambiente a ser analisado e o mais importante deve ser pensando: a criança. o bem-estar da criança.

Eu penso assim…

Até que me provem o contrario rs.

E você? O que você pensa sobre esse assunto?

Leia também :

  • Você sabe  o que seu filho faz  online? Você ensina s ...

  • "A guarda compartilhada almeja assegurar o interesse ...

  • O Pé O gesso já foi tirado, às vezes ela se sente incomo ...

Fernanda Ramalho

Mãe, Publicitaria, Acreana do pé rachado, Louca por fotografia, Mulher, Completa, especialista em limpar vomito e bumbum de nenem. Também sou ponto de referência. Sim "logo ali depois daquela gordinha" mas isso vai mudar coloquei o balão intragastrico dia 8 de Junho e em 7 meses eliminei 39 kilos mas ainda não atingi minha meta portanto continuo em pleno processo de emagrecimento e ainda no ano de 2011 irei para o segundo balão intragastrico.

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

   
© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha