Pausa para o meu drama materno

“com o sling, como com tantas outras coisas, primeiro estranha-se, depois entranha-se

Sling são faixas de pano compridas com 2 argolas fixas à uma das extremidades, que ajustadas ao corpo, transportam uma criança de 0 a 3 anos (e vi em alguns sites que dá pra carregar crianças de até 22 kilos), existem estampas lindas, charmosissimas para todas as ocasiões  sem contar que trás inúmeros benefícios pra mamãe e pro bebê. O bebê fica aconchegado no corpo de quem o carrega, possibilitando no caso a mãe de usar as duas mãos, porque quando uma mulher se torna mãe ela tem duas opções: perde as duas mãos ou cria uma maneira de ter 10 mãos para melhor servir o seu bebê.  Sem contar que o bebê fica inacreditavelmente calminho.

Eu não slinguei porque na epoca que a Gabriella nasceu (há 5 anos) a arte de slingar não existia aqui na minha cidade, embora os índios usem bastante eu não iria numa aldeia indigena falar:  “e aí dona menina, arruma um sling pra mim?” e a internet não era assim tão “muderna” não dava pra pedir e ter garantia de que chegaria intacto lá do staitis… levando em consideração que naquela epoca eu nem tinha cartão e eles não tinha boleto. (coidipobre)

Sei que não slinguei e sou uma mãe traumatizada, quando vejo bebezinhos sendo carregado no sling eu choro de um olho só porque uso o outro pra admirar mas apesar de tão ter slingado eu usei o canguru mas  não gostei porque o bebê fica mal posicionado, se ele dorme fica com o pescoço escangotado e depois deve ficar todo dolorido já o sling deixa o bebê muito confortável e é muito mais seguro. Apesar das velhinhas olhudas ficarem olhando torto pra você na rua o segredo é ignorá-las e sempre seguir o conselho dos pediatras afinal a grande maioria deles é a favor do sling. Sling é praticidade, amor e conforto embora pra seja meu maior trauma materno (aiii como sou dramática) mas pra superar meu trauma quando eu tiver outro filho vou ter um sling pra cada dia da semana.

E tem como resistir e não slingar? não tem…

Algumas fotos foram retiradas do blog:  http://koladinhosling.blogspot.com/

E você slingou??

Leia também :

Fernanda Ramalho

Mãe, Publicitaria, Acreana do pé rachado, Louca por fotografia, Mulher, Completa, especialista em limpar vomito e bumbum de nenem. Também sou ponto de referência. Sim "logo ali depois daquela gordinha" mas isso vai mudar coloquei o balão intragastrico dia 8 de Junho e em 7 meses eliminei 39 kilos mas ainda não atingi minha meta portanto continuo em pleno processo de emagrecimento e ainda no ano de 2011 irei para o segundo balão intragastrico.

  4 Responses to “Eu não slinguei”

  1. Olá Renata! MEnina, acabei de ler seu post quentinho sobre sling. E Amei! Amei seu jeitinho de falar, seu bocão (gosto de gente com personalidade e que sabe o que quer dizer) e do seu blog fofo. Parabéns!
    Primeira vez por aqui e já estou me cadastrando pra voltar.
    Mas, falando do post, eu slinguei sim. Muito, muito. E não slingo mais porque tava um frio do cão aqui até semana passada (moro na Terra do Gelo, conhece?) e nõa dava pra sair por ai com Julie atachada debaixo de pilhas de roupas. Mas, quando viajamos, ou vamos visitar museus, feiras, ou até quando vou ao shopping mais tempo, levo meu sling. Alias, até bem pouco tempo atras’, nao era o carrinho que eu mantinha no carro, mas o sling num saquinho.
    Assim que a situação se apresentava, lá estava eu sacando meu sling fofo e colocando a pequena dentro. Feliz da vida e nem aí pros olhares de critica ou se estranhamento. Só me preocupava com os olhares de inveja… tratava logo de dizer onde tinha comprado o meu. Quem sabe não conseguia mais adeptas?

    Beijos!

  2. Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.. demais demais demais.. acabo de sair agora a pouco com meu filhote no sling.. fomos aqui pertinho e coloquei celular, chaves, tudo no bolso do sling.. menina, da vontade de sair por aí dando sling pra tudo que é mãe que não tem pq todo mundo TEM que experimentar viu.. é tudo de bom.. bj

  3. Oi Fernanda!!
    Até hoje você não me mandou o telefone da menina que faz Sling! Manda pro meu email!
    Ah, e só pra acrescentar: os slings que eu trouxe pra loja são para crianças até 20 kg, ou seja, dá pra slingar muuuuito!
    Beijos!!!!

  4. Ah… eu tbm não slinguei… Pq tbm foi há 5 anos atrás, né? rs
    Mas tive a experiência horrorosa q vc teve do canguru. Acho q usei duas vezes só… depois detonei o meu braço, msm. huahauhauah
    Só que, como eu sou uma pessoa que já pensa em ter outro filho (louca!), quero slingar! E vou pedir pra vc os contatos pra comprar os mais lindos!!!! hihihi
    Bjks

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

   
© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha