Gabriella está prestes a completar 6 anos e eu fico tão nostalgica…

Fico lembrando de quando estava gravida, do nascimento, dos primeiros dias, de cada passo, de cada descoberta, cada sorriso, cada choro, cada aperreio, de cada fase e eu sinto uma saudade absurda de cada segundo que já passou mas é uma saudade boa… uma saudade e uma certeza de que já vencemos muitas coisas. Uma saudade que me mostra o quanto Gabriella me ensinou a ser gente, a ter mais valores, mais sentimentos, a me colocar no lugar do outro de forma unica.

Quando Gabriella nasceu ela trouxe para mim força, alegria, sorrisos, dificuldades mas também muitas vitórias. Uma vontade unica de vencer, de ajudar o proximo. Não que antes de ser mãe eu não ajudasse mas ajudar o proximo agora tem um sentido muito mais especial.

Um dia desses ela cabia no meu colo e se aninhava de forma incrivel. Hoje eu vejo uma garota enorme com quase 6 anos mas com tamanho de uma criança de 8 ou 10 anos, vejo ela correndo pela casa, cheia de vontade de descobrir o mundo, uma menina que lê tudo e já até conversa com o pai através do Gtalk. Vejo uma princesa serelepe, uma moleca inteligente e curiosa. Vejo uma menina teimosa, maluvida que só ela e sabe… se a maternidade fosse perfeita não seria tão gostosa. É bom ter umas pedras no meio do caminho, algumas duvidas sobre como educar, como proceder diante das situações dificeis.

Minha filha é minha melhor amiga e isso é impagavel! Nunca pensei que pudesse ser tão abençoada…

 

Filha eu te amo  muito!!

Te amo até quando todo ano você adoece bem perto do seu aniversário e me vomita inteira. Esse ano não foi diferente, faltam dois dias para os eu aniversário e hoje você já acordou com uma febre monstra, passou o dia molenga na cama e claro que me vomitou. Mas é sempre assim, você adoece e no dia do aniversário parece que nem esteve doente. (ainda bem né?) Sua pediatra diz que isso é ansiedade. Ta bom! eu vou acalmar meu coração e acreditar porque estamos no sexto ano de puro vomito e glamour.

 

Ass. Fernanda Ramalho apodrecendo no paraíso desde 2004.

 

Leia também :

Fernanda Ramalho

Mãe, Publicitaria, Acreana do pé rachado, Louca por fotografia, Mulher, Completa, especialista em limpar vomito e bumbum de nenem. Também sou ponto de referência. Sim "logo ali depois daquela gordinha" mas isso vai mudar coloquei o balão intragastrico dia 8 de Junho e em 7 meses eliminei 39 kilos mas ainda não atingi minha meta portanto continuo em pleno processo de emagrecimento e ainda no ano de 2011 irei para o segundo balão intragastrico.

  5 Responses to “Nostalgia.”

  1. Parabéns para vc e pra sua filinha tbm…Amor de mãe épadecer no paraiso…rsrsrs

    Bjão

  2. Ah, é tão bom ter essas lembranças de filho, né? Parabéns pela relação linda com a Gabizinha linda e fowfa! Beijos

  3. Ahaha, me vi aí no teu lugar… Muito parecido, como pode?mSomos todas iguais (mães) oi as crianças é que se parecem? Não sei…

    Parabéns para Gabis  por ser uma menina sortuda filha de uma mãe tão espceial.
    bjs

  4. OI amadinha
    tenho dito muito isso ultimamente que os dias tem passado muito rápido…
    Fico imaginando minha Júlia ontem magrelinha nascendo e hoje uma bochechudinha com oito meses engatinhando já….eu desejo muito que Júlia e eu sejamos amigas assim tãooo bom e tão gostoso….
    Flor saudades de seus tuites mas sempre que dá venho aqui dar uma bisbilhotada…adoro….
    Deus abençoe sempre vc e sua família
    Mil beijos e obrigada pelo carinho
    Lindos dias

  5. Sou assim e estou como vc….fico melancolica tb….saudade dela menor….aiaiai

    é a vida, ainda bem que a gente tem filhas lindas e saudaveis, cheia de beleza e de energia!

    Ha!!! Amiga que diferença q vc ja esta heim,,,,linda!!!!

    Bjuuuuuus

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

   
© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha