Saiba o que fazer quando a convivência com algum ex é inevitável

Se o ex vive por perto porque vocês têm amigos em comum, trabalham na mesma empresa ou moram na mesma rua, siga nossas dicas para agir sem perder a pose:

1. Nunca, jamais, em hipótese alguma banque a louca, neurótica ou psicopata. Você não precisa ganhar essa fama, além do pé na bunda.

2. Não ligue, não mande mensagens, não deixe recados no Facebook. Radicalize: delete os telefones e deixe de ser amiga dele nas comunidades virtuais.Vocês não são amigos.

3. Não envolva amigos em comum, família e colegas de trabalho no barraco. Quanto menos você falar, mais vão respeitá-la.

4. Vontade de xingar até a última geração do moço? Vá fazer terapia e solte os cachorros lá.

5. Você ama o restaurante aonde vocês iam três vezes por semana? Tem certeza de que vai morrer se ficar um tempo sem comer aquele tabule?

6. Nunca discuta com ele na frente dos outros sobre contas atrasadas e afins. Na verdade, não discuta sobre nada na presença de outras pessoas.

7. Fique linda.

8. Fique magra.

9. Troque a rasteirinha pelo salto. E não desça dele.

10. Os seus, os meus, os nossos amigos. Fique só com os seus. Os dele vão entender.

11. Ocupe seu tempo. Faça um curso de mandarim. Ou de gastronomia. Ou de saxofone. Ou os três.

12. Tem férias para tirar? Ótimo. Saia de circulação por um tempo. Respire outros ares.

13. Não, não vá a Paris, aonde vocês tinha planejado ir juntos. Que tal a Indonésia? Você pode dar sorte e encontrar o Javier Bardem. Ou um sósia

14. Se encontrá-lo com outra, acene de longe e vá embora.

15. Se for inevitável cumprimentá-los, não destrate a fofa. E, se ela foi a causa da separação, erga o queixo, empine o peito, ignore e saia rebolando.

16. Não chore, não esperneie, não se descabele na frente dele. Respire fundo, coma as unhas e os dedos, saia correndo e entre no primeiro táxi.

17. Muita raiva? Transe com o melhor amigo dele. Ou com o irmão. Ou com o pai.

18. A sua ex-sogra era como uma mãe para você. Era. E ponto final.

19. Repita todos os dias de manhã o seguinte mantra: ele nem era tão bom assim, ele nem era tão bom assim, ele nem era tão bom assim..

Fonte: MdeMulher

Leia também :

Fernanda Ramalho

Mãe, Publicitaria, Acreana do pé rachado, Louca por fotografia, Mulher, Completa, especialista em limpar vomito e bumbum de nenem. Também sou ponto de referência. Sim "logo ali depois daquela gordinha" mas isso vai mudar coloquei o balão intragastrico dia 8 de Junho e em 7 meses eliminei 39 kilos mas ainda não atingi minha meta portanto continuo em pleno processo de emagrecimento e ainda no ano de 2011 irei para o segundo balão intragastrico.

  4 Responses to “Conviver com o ex [nota mental]”

  1. ADOREI!!! kkkk Ah… se eu tivesse como mandava seu post pra ex dele, viu? kkkk Pra ver se me esquece, fica linda e gostosa e arruma outro! kkkk
    (Ia ser tão bom se ela fosse pra Indonésia… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

  2. #Fato! Adorei Fer!

  3. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ….muito bom!!! Vc estava inspirada qdo escreveu! Linda e magra como vc está e é, em breve encontrará alguém q vai dar o valor q vc merece! Bjos e boa sorte!!!

  4. ADOREEEEEEEEEEI,ADOREI,ADOREI !!!

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

   
© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha