Estou há dois anos lutando contra a obesidade, me reeducando alimentarmente  uma luta diária que não é nada fácil e depois de emagrecer 50 kilos passar pelo que estou passando me deixa completamente desestruturada física e emocionalmente. A tireóide é uma glândula que tem como principal função regular o metabolismo e a minha tireóide foi retirada inteira está sendo devastador ter uma vida sem ela, mesmo com a reposição hormonal que será pro resto da vida eu sinto devastada e as vezes desmotivada. Operei há 15 dias e engordei 8 kilos mantendo a alimentação saudável.

Eu sabia que viver sem a tireóide não seria fácil pelo menos no começo mas não sabia que iria ser tão difícil tão desgastante física e emocionalmente.

Pareço forte, mas eu choro e choro como uma criança que acabou de perder seu ursinho preferido, eu encosto a cabeça no travesseiro e quando todos dormem eu choro… eu choro com a sensaçao de que tudo está perdido mesmo tendo consciência de que é só o começo e que o começo é difícil mas depois as coisas vao entrando nos eixos, mas olha dona vida eu tenho pressa… não acho justo esse depois, eu quero hoje… eu quero agora.

Tive dias que acordar péssima de tão inchada, dolorida, gorda, chorosa, horrorosa sem querer ver ninguém. triste por lembrar da auto estima que recuperei e da auto estima que estou perdendo e não quero perde-la.

Tenho perdido as forças para me olhar no espelho e me enfrentar…

Eu tenho buscado forças para acreditar na cura, tenho buscado forças para continuar sendo boa mãe… tenho buscado forças pra continuar sorrindo e tenho encontrado essa força em Deus,  no afeto, nos afagos, nos gestos de carinho e tambem dentro de mim. Eu quero continuar buscando essa força dentro de mim porque eu sei que na hora que a gente precisa ser forte e superar a gente não tem outra opção como  a de ser fraca por exemplo então eu quero me manter forte!

Eu só não sei por onde recomeçar… eu nunca me senti frágil, dependente e com medo. É tudo tão novo que não sei por onde recomeçar….

E escrever um pouco de dor faz bem talvez daqui a pouco eu durma e amanhã mais nenhuma dessas lagrimas farão sentido porque escrever tem sido meu analgesico preferido

Leia também :

Fernanda Ramalho

Mãe, Publicitaria, Acreana do pé rachado, Louca por fotografia, Mulher, Completa, especialista em limpar vomito e bumbum de nenem. Também sou ponto de referência. Sim "logo ali depois daquela gordinha" mas isso vai mudar coloquei o balão intragastrico dia 8 de Junho e em 7 meses eliminei 39 kilos mas ainda não atingi minha meta portanto continuo em pleno processo de emagrecimento e ainda no ano de 2011 irei para o segundo balão intragastrico.

  6 Responses to “escrever tem sido meu analgesico preferido”

  1. Fernanda, ouvir isso de vc … nao, nao e nao … vc ‘e tao forte e me ajudou tanto num momento de muitas fragilidades quando coloquei o meu balao em final de julho. Teu blog me esclareceu muitas coisas e tenho acompanhado sua rotina. Eu engordei 35 kilos qdo descobri o Hipotireoidismo … a 10 anos atras … e so engordava … me desperei varias vezes, perdi meu namorado num acidente a 7 anos e no mesmo ano perdi meu pai … ntao o mundo desabou mesmo … mas sempre tive f’e que eu suportaria tudo isso … e hj estou aqui … ja eliminei 19 kilos com o balao, uma vitoria enorme pra mim … pois eu estava imensaaaaaaaa … e o que me ajudou muito foi a terapia em grupo chamada Biodança. Procure ai na sua cidade, eu recuperei meus valores, e atraves desta dança da vida eu me sinto mais forte para enfrentar o que a vida me oferece, sei usufruir os bons momentos e aprendi a enfrentar as tempestades … sei que td ‘e passageiro e esta reservado para vc um mundo lindo. Te acho uma escritora de mao cheia, j pensou em escrever um livro? eu compraria! ‘e isso … um otimo fim de semana e um segunda feira ‘e outro dia tah. me passe seu endereço, vou te enviar um livro que me ajudou mt no meu processo de cura!
    abraço carinhoso.

  2. Tenho certeza que isto,logo vai passar,e você var tirar de letra.Continue firme e com fé em Deus.Bjos

  3. Fernanda, eu tirei minha tireoide há 6 anos atrás e sempre digo que nunca mais fui a mesma. Eu agora sinto mais frio, mais calor, é dificil controlar o peso e mais um monte de outras coisas, mas vou te dizer uma coisa: os primeiros dias são muito ruins, mas depois vai melhorando e a gente aprende a viver com o corpo novo sem tireoide. Tem que achar sua dosagem direitinho do hormonio, isso já é meio caminho andado. E tem que levantar a cabeça e seguir em frente.Deus vai sempre dar forças ! Confie, acredite e tenha muita força e fé! Um beijo no seu coração!

  4. Fernanda, vc está fazendo tratamento psicológico? Você descobriu a causa que fez chegar a quase 140 kg? Acredite, como você está segurando na mente algo, isto não te deixa mantê-la magra e agora, que conseguiu emagrecer, criou este problema na tiróide para te manter gorda. Se quiser conversar sobre isto, estou à disposição. Não precisa sofrer, este é o caminho, acredite. bjs Mari

  5. Fernanda,li seu texto e fiquei com vontade de conversar com você,pena que morro tão longe de você,mais sei quem pode realmente te ajudar é Jesus,Fernanda só ele pode mudar sua vida por completo,ele tira todas as nossas ansiedades,ele enxuga nossas lagrimas e ele morreu na Cruz por mim por você,levou sobre ele todas as enfermidades,basta crer somente e será curada,basta pedir pra ele entrar em sua vida que ele entra e transforma tudo,ele mudou a minha vida e pode mudar a sua também………….Jesus é o caminho a verdade e a vida……….fica com Deus e com certeza vou colocar você em minhas orações………………………………..Um grande abraço…

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

   
© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha