Ontem o dia foi só dela. Brincamos, passeamos, peruamos no salão. Ela? Amou tanto que hoje acordou dizendo o quanto é bom ser filha única. É que há alguns dias ela estava triste por ser filha única. Imagino como deve ser ruim ser filha única mas é preciso superar e aprender que podemos adotar amigos e primos no nosso coração como irmãos.

Se eu contar pra ela que quando eu e minha irmã éramos pequenas nos ocupávamos mais em enlouquecer minha mãe com brigas bobas será que Gabis para de ficar triste??

 

Leia também :

Fernanda Ramalho

Mãe, Publicitaria, Acreana do pé rachado, Louca por fotografia, Mulher, Completa, especialista em limpar vomito e bumbum de nenem. Também sou ponto de referência. Sim "logo ali depois daquela gordinha" mas isso vai mudar coloquei o balão intragastrico dia 8 de Junho e em 7 meses eliminei 39 kilos mas ainda não atingi minha meta portanto continuo em pleno processo de emagrecimento e ainda no ano de 2011 irei para o segundo balão intragastrico.

  One Response to “Dia dela / filha única”

  1. Deve msm ser triste ser filha única… mas tbm tem suas vantagens, como o dia de hj, né, Fê??? Que delícia! Eu preciso passar um dia assim com a Sofia. Passear, ficar só por conta!
    Mas é o q vc disse: adotar irmãos! Amigos, primos… tudo isso é mto bom! Com a vantagem de q, qndo brigam, cada um vai pra sua casa! hjueheuehue
    Beijão!!

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

   
© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha