Amor é uma amizade que dura mais de 25 anos sem NUNCA ter brigado ou ter tido qualquer desentendimento.

É ter um irmão que a vida nos deixou escolher e ser escolhido.

Minha melhor amiga, a mãe dessas duas princesas.

Uma amizade linda e verdadeira que passou para as nossas filhas e quero que passe assim também para os nossos netos.

Se Gabi chorou quando recebeu essa foto?? Eu também chorei!!

Saudades!

 

Levei minha turminha (filha e sobrinho) pro show do Patati e Patatá e só tenho uma coisa a dizer: Emocionante a reação de cada criança. Se eu pudesse fotografar a expressão de cada criança na hora que eles entram no palco eu fotografaria. É uma emoção tão pura, tão verdadeira que me deu aquela travadinha na garganta de tanta emoção. Gabriella amou e quantas oportunidades existir eu levarei ela nesse show. A mensagem que os dois transmitem é muito boa e as nossas crianças precisam de mensagens assim… Fiquei muito feliz com a iniciativa da @mega_eventos de trazer espetáculos infantis para o Acre, aqui não temos muitas opções não. E deixo aqui registrado o meu agradecimento e os parabéns pela organização!!

 

Se você quer crianças com unhas sempre limpas e bem cortadas. Cabelos sempre arrumadinhos, sem sujeira de comida no canto da boca..com pés sempre limpos.

Não tenha filhos. Tenha estatuas.

Fique feliz ao chegar em casa e encontrar seu filho sujinho por ter brincado no quintal a tarde inteira porque é bem isso que crianças saudáveis fazem.

 

Filha

E eu fico te olhando assim criança pedindo pra crescer e ficar adulta LOGO e eu penso: queira não amor, adultos são chatos, complicados e limitadores.

Queira sua infância até que ela não te queira mais, seja criança até quando for adulta. Porque quem leva o melhor da infância pra vida adulta consegue ser feliz, amável, descomplicado e sem limites quando se trata de amor ao próximo e de construir boas relações.

Minha criança você enche minha vida de esperança e nem lembro se na minha vida eu já tive um dia sem Gabriella porque você preencheu minha vida INTEIRA com amor, risadas e muitas Gabriellices.

Feliz seu dia criança!

Corra, Pule, se lambuze!!

Hoje você pode tudo, desde que guarde suas roupas espalhadas pelo quarto, faça a tarefa da escola e lave suas calcinhas. Hahaha  (essa sou eu sendo sua mais insuportavelmente e amável  mãe)

E olha filhote desculpae pelo seu presente não ter chegado a tempo. Culpa do correio tá?  Mas improvisei um genérico até o correio colaborar com sua alegria.

 

Ah! Desculpa quando te mato de vergonha na frente das amigas e amiGOS te chamando de: miii bebegi de mamãe. É que mesmo que você tenha 50 anos voce vai ser para sempre a minha criança!!

 

Feliz seu dia, feliz meu dia! Porque tua alegria é tão doce e contagiante que volto a ser criança a todo instante com voce ao meu lado.

 

 

E não esqueço de jeito nenhum do meu Reizinho. Sobrinho unico que sapateia no coração dessa tia velha

E hoje? Corra, pule! Abrace uma criança, seja criança junto com ela porque essa fase DELICIOSA passa e deixa tanta saudade!!

 

Ps. se você não tem programação para este dia,  está em cartaz os saltimbancos  no teatrão as 18 hrs. Vale MUITO A PENA!!! Pra criança grande e pra criança pequena.

 

As vezes a realidade, a pratica não condiz com a teoria das pesquisas cientificas.

Sempre ouvi falar que amamentação prolongada só faz bem, mas quando se fala em amamentação prolongada se fala daquela que vai além da amamentação exclusiva ate os 6 meses estendendo ate dois anos de idade.

Quando Gabriella nasceu tive muitos problemas para amamentá-la, fui mal orientada, ai depois tive a mastite, mas mesmo assim não desisti demorou para chegarmos no momento mágico da amamentação mas chegamos e consegui amamentá-la até demais pro meu gosto. Ela passou dos dois anos mamando e o pediatra que acompanhava ela na época não me orientou com relação a isso, eu sempre relatava a minha dificuldade de desmamar e o pediatra não dava atenção, ele dizia que mamar não fazia mal a ninguém. Mas tudo que é demais é prejudicial, tomei remédio pro peito secar e ele não secou (oi? Sou uma vaca leiteira) , passei varias coisas com gosto estranho no meu peito e nada de consegui desmamar a Gabriella. Ela chegou aos  4 anos mamando e eu achava isso um absurdo mas ela mamava de manha e a noite, só desmamou mesmo quando ela cresceu e eu com meu jeito maroto comecei a fazer “bulli” na minha própria filha, dizendo: Filha se teus colegas da escola ficarem sabendo que você mama eles irão rir de você; olha você já é uma mocinha e não precisa mais mamar. Em 6 meses de “bulli” consegui desmamar a Gabi e acredita que tive mastite? Nasci pra ser vaca mesmo ne?

Então eu pensei que quando o desmame fosse feito todos os problemas iriam acabar, mas que nada os problemas aumentaram porque ai Gabriella começou a ter uma ansiedade absurda e ao invés de mamar ela começou a querer comer compulsivamente, começou a substituir o acalento do colo para mamar com o acalento de mastigar comida e hoje Gabi vive na faixa de alerta entre sobrepeso e obesidade, claro que outros fatores colaboraram para o aumento do peso dela, como o corticóide, mas a amamentação prolongada (depois de dois anos) fez a porta se abrir.

Eu sei que eu poderia ter batido o pé e não ter dado mais de mamar depois dos dois anos, mas não fui bem orientada e não sabia disso tudo, o primeiro filho sofre ne?  Porque depois dessa experiência com a Gabi eu garanto que se um segundo filho eu tiver a amamentação não passará de dois anos.

A amamentação além de alimentar acalma, acalenta o bebe e como a Gabi deixou de mamar já grande ela ligou bem esse sentimento e transferiu ele para a comida, hoje a pequena vai ao psicólogo  para desvincular esse sentimento e também faz acompanhamento nutricional.

E o que eu quero dizer com esse post?

Que amamentar é uma sensação INCRIVEL! Indescritível!  E que não troco amamentação por mamadeira nenhuma é muito mais saudável amamentar, mas existe um limite e o pediatra tem a obrigação de orientar cada mãe quando chegar a hora do desmame, porque as vezes a criança nem vai sofrer tanto com o desmame mas a mãe vai…ah! Essa vai!! E pode ser ao contrario a mãe se sentir aliviada com o desmame (e isso não é pecado) e a criança sofrer muito, então é preciso uma orientação para desmamar a criança no momento certo e sem prejuízo.

 

O que filho  pobre faz nas férias? Isso sempre me consome quando Gabriella entra de férias, porque filho de rico viaja pro litoral, vai visitar a tia nos EUA, vai pra disney e gasta h-o-r-r-o-r-e-$-$-$!!! Aí eu pobre, la$cada e no Acre simplesmente não sei o que fazer quando minha bichinha entra de férias. É nessa época que minha criatividade deve pipocar, esse ano arrumamos muito o que colar, pintar e recortar. (Obrigada a @PrittBR )

Passeamos um bocado, tivemos uma tarde só de meninas em um salão de beleza, assistimos filmes, jogamos wii, ela foi em muitas festinhas na casa do pai dela mas mesmo assim ela se sentia insuportavelmente entediada… Por sorte fiquei sabendo de uma colônia de férias que ela topou em ir na hora, confesso que fiquei com receio porque minha bichinha não sabe nadar e pra mim MUITAS CRIANÇAS x AGUA não é uma combinação muito perfeita,  mesmo assim deixei, expliquei e pedi que ela tomasse cuidado na piscina, que sempre ficasse perto dos olhos dos recreadores e assim ela fez. Deu tudo muito certo. Foram 10 dias muito gostosos pra ela, cheio de brincadeiras e ontem ela ficou bem tristinha com o encerramento  afinal conheceu muitos amiguinhos nesse período e confesso que alguns deles encantadores já outros nem tanto. Mas foi bom pra ela conviver com crianças diferentes, conviver com diversidades faz muito bem para o crescimento e o desenvolvimento dela. É importante que a criança aprenda a valorizar e respeitar essa diversidade humana em que vivemos.

 

Domingo é sempre um dia tão cheio de preguiça, principalmente quando esse domingo vem depois do show dos Los Porongas.  Eu, gabis e neto estavamos super cansados, dormimos mais de 2 da manhã mas mesmo assim continuamos firmes para acordar cedinho e sair pra soltar pipa que é uma coisa que gabis nunca tinha feito e morria de vontade.

Acordamos as 7 da matina levei gabis e neto para tomarem café da manhã no mercado, em seguida compramos duas pipas. Gabis estava incrivelmente feliz e ansiosa porque ela nunca tinha soltado pipa antes, fomos para o Horto mas não deu certo levantar a pipa por lá, em seguida fomos ali na arena e foi perfeito, vento, nenhum empecilho, nenhum fio elétrico.

O domingo foi simplesmente perfeito e divertidissimo.  E é nessas horas que eu vejo que a felicidade está nas coisas mais simples da vida.

Gabis se divertiu muito mas na proxima vez vou escutar o Bial e usar filtro solar. estamos todos bronzeados, moidos e felizes.

 

Irritando Gabriella:

httpv://www.youtube.com/watch?v=1jWsUNS0eX4

Meu sobrinho já tem mestrado em: Como irritar a Gabriella.

Quando ele não fica na frente do sensor do wii ele arrumar outro jeito de irrita-la ele só não pode ver a bichinha sossegada.

Mas ele também sabe ser fofo e matar a gente de amor…

httpv://www.youtube.com/watch?v=RvMugxn-RTA

 

Gabriella estava ali jogada na cama, cheia de febre, dor no corpo e contando as horas para completar 6 anos.  Aí o correio bateu em minha porta e eu a-bri… Senhoras e Senhores eu estou apaixonada por tudo que Gabriella ganhou! Ela até se animou saiu da cama e foi vibrar e querer vestir tuuuodo que recebeu. Além das roupas  o carinho da Alê que por mais que eu tente  agradecer eu sempre acho que o agradecimento não é altura!!

A Tandy Bee é uma fabrica de roupas infantis muito delicadas e lindas. O tecido é muito macio, a lavagem e o acabamento é perfeito e não estou falando isso porque Gabriella ganhou de presente não, estou falando a verdade. O acabamento é perfeito, não tem nenhuma falha na costura, nem nos fios. Tudo é muito delicado, confortavel, absolutamente lindo. Sem contar que vestindo Tandy Bee a criança tem liberdade de correr, pular e pinotar a vontade porque é uma delicadeza criada especialmente para que a criança se sinta muito bem! (Ei! mãe quero vestir tandy bee também. oi? tenho 6 anos)

Gabi me pediu pra não colocar foto dela hoje no blog porque ela disse assim: “mãe não coloca foto minha não, to mocoronga, doente”  Filha eu coloquei ó” Miiiiiiiiprocessa!!!

 

Veja mais sobre a Tandy Bee: http://www.tandybee.com

 

Na vespera do aniversario ficar olhando as fotos mais antigas e se emocionando… Tenho MUITAS fotos ah se desse para postar todas aqui, vocês também iriam se emocionar. Porque cada foto tem uma história, um detalhe, um carinho, um momento…

Por isso amo tirar fotos, porque elas vão contar muitas histórias quando eu estiver bem velhinha e minha memória começar a falhar….

 

A minha filha está entrando numa fase bem legal, ela sempre teve preferencia por alguns generos musicais mas agora ela intensificou suas preferencias.  Ela sempre foi uma criança musicalizada quando estava gravida ouvia muito Maria Rita, Adriana Calcanhoto e Tom Jobim… ela praticamente já nasceu ouvindo musica.  Mas o som que ela interagia muito no barrigão era marcha nupcial ela saltava de doer minhas costelas. Sempre cantei  e canto muito pra ela.  A musicalização é muito importante auxilia no desenvolvimento de diversas formas:

– Socialização
– Alfabetização
– Inteligência
– Capacidade inventiva
– Expressividade
– Coordenação motora e tato fino
– Percepção sonora
– Percepção espacial
– Raciocínio lógico e matemático
– Estética

A criança aprende muito enquanto canta.

Hoje minha menina gosta de Hanna Montana, Justin Bieber, Maria Gadú, Maria Rita, Pitty, Vanguart, capuccino jack e outros mas não perde seu gosto por coisas de crianças porque acho tão saudavel que ela continue gostando de: “Borboletinha ta na cozinha…” e etc… musicalizar é muito bom para as crianças. Aqui em casa não entra funk as musicas são sempre bem escolhidas.

Tem uma da pitty que tem o seguinte trecho: “Que você me adora. Que me acha foda.”

A minha filha canta: “Que você me adora, que em acha FOGO”

Uma vez ela cantou a versão original FODA e eu disse que esta palavra não é uma palavra pra criança sair falando por aí, que é um palavrão. (sim até 16 isso pra ela será palavrão hahah) ela ficou espantada e disse:  “nem tudo que escuta pode repetir né mamãe”

É sim. Então ela substitui por fogo e agora quando gosta de uma musica ela logo pergunta: “Tem palavrão?”

Porque coisinha sem noção é criança falar palavrao e os pais acharem o pheno do brega , a coisa mais fofa da mamãe e do papai.

Um dia desses Gabi soltou um bem light mas eu não gosto de jeito nenhum. Eu faço um esforço surreal  para não falar nenhum palavrãozinho light na frente dela porque faço parte daquela camada de mulheres que falam palavrão (oi? Não sou perfeita neam! Hahá) porque por mais que nos esforcemos as vezes saí um “merda, porra, PQP” e aqui temos até a musiquinha pra banir o nome feito a letra é assim:

“O sabão
Lava meu pezinho,
lava meu rostinho,
lava a minha mão!
Mas Jesus pra me deixar limpinho,
quer lavar meu coração!

Quando o mal, faz uma manxinha,
eu sei muito bem,
quem pode me limpar,
é Jesus, pra me deixar limpinho,
quer meu coração lavar.”

Musicalizar a criança também é desenvolver valores.

 

“A partir do dia 9 de junho não haverá mais discussão: será obrigatória, e não só recomendável, a utilização do dispositivo de retenção adequado para transportar as crianças de até sete anos e meio no automóvel.”Irá ser caracterizada como uma infração gravíssima, com multa de R$ 191,54 e sete pontos na CNH.

Acho uma lei muito justa, as cidades tem crescido desordenadamente  e o transito então? cada dia mais louco, cada dia mais irresponsavéis ao volante porém não adianta transportar crianças em qualquer cadeira, precisa ser uma cadeira adequada, de acordo com  a idade e peso da criança usa-se bebê conforto, cadeirinha ou “booster” é importante demais que o modelo que você escolheu seja adequado para peso e idade da sua criança e também ser aprovado pelo INMETRO. Ou seja para nós Acreanos não adianta correr alí na Bolivia e comprar uma cadeira qualquer, porque uma cadeira qualquer da uma segurança qualquer pro seu filho. Você quer? Eu não.

Aqui eu tenho um problemão o booster da dor na costa da Gabriella, ela fica super dolorida, pra ela é super desconfortavél, ela reclama pelas juntas que tem quando usa o cinto de segurança e eu insanamente acabo cedendo mesmo não achando correto,  já cheguei a tirar o meu cinto de segurança porque na mente insana de uma mãe passou o seguinte pensamento: “Se Deus me livre acontecer um acidente correremos riscos iguais”

Mas tenho que deixar de ceder porque segurança é coisa muito séria, ela sempre usou cadeirinha mas quando chegou no booster começou se tornou desconfortavel demais.

Estou a procura de uma cadeira assim:

Cadeira para crianças maiores de 5 anos da Burigotto.

As cadeiras custam de R$ 150,00 a  R$ 1,300 é um preço muito alto pra população de baixa renda, porque não é um item de luxo e sim um item de segurança que passará a se tornar obrigatório.

Abaixo uma tabela de tipos de cadeira, veja qual é o tipo de cadeira mais adequada ao peso e a idade da criança.


Mas confesso que minha felicidade só será completa quando alguém fizer uma lei que proiba andar com crianças em garupa de motos. Vejo cada barbaridade, crianças pequenas em motos de forma inadequada e ainda com um capacete maior que a cabeça umas 10x.  Sei que existe uma lei dizendo a partir de quantos anos pode-se colocar a criança na garupa mas na minha cidade vejo crianças menores de 3 anos sendo carregadas em motocicletas sem segurança alguma.

É preciso educar no trânsito, é preciso que as escolas junto com o Dentran intensifiquem ações de educação no trânsito.  Porque infelizmente com o povo Brasileiro as coisas só tendem a funcionar quando dói no bolso. $$

 

Tenho certeza que esse trenzinho faz parte da infância de quase todas as crianças da minha cidade. Quando eu era pequena não perdia um domingo se quer. Todos os domingos ele faz um tour pelo centro da cidade, aquele vento no rosto, uma Minnie (que ontem estava frenética sensualizando e  arrasando no ragatanga) um Mickey que sempre jurei ser um rapaz por baixo da fantasia e ontem descobri que era uma moça (partiu meu coração, frustrou minha infância kkkk), eles ficam fantasiados e dançando musicas infantis… Não tem criança que resista ao charme do trenzinho. Claro que algumas choram, mas logo se encantam! Aí eu que não sou besta nem nada levo a Gabi (e eu) pra passear de trem todo domingo e quase todo domingo encontro a Ana que leva o filho (meu genro que não me da confiança porque sabe a sogra nojenta que tem) dela (mentira ela SE leva) pra dar uma volta no trem.

Coisa gostosa é ser criança mesmo que grande. É tão gostoso pagar mico aos domingos com a Gabi, porque se tem um programa que ela adora é andar de trenzinho, ela só sente o final de semana completo depois de dar uma volta no trenzinho e ontem pra ela foi o maximo, encontrou as amiguinhas da escola e foram todos na primeira fileira sem os pais (com uma prima da amiga acompanhando) e depois a voltinha de praxe comigo e com o pai se não eu ia bater o pé no chão afinal eu sou uma criONÇA e preciso passear no trem.

Deveria ser lei, morar uma criança risonha e serelepe no coração de cada adulto.

 

Tia fanha, tinha babona. Não necessariamente nesta mesma ordem, no dia que gravei o video estava fanha sim, mas ignore a minha “fanhice” e se jogue no amor que é meu sobrinho.

Se tu tiver um sobrinho mais lindo e mais gostoso que o meu me apresenta porque quero ser tia dele também.

O Tio avô tbm baba que só

 

Hoje como de costume fui deixar minha filha na escola e diferente dos outros dias hoje fui mais arrumada, menos descabelada, menos apressada e logo me deparo com um pai super simpatico,  cheio de bom dia. E eu fazendo aquela cara de:  “Vem cá. eu te conheço?”

Não, eu não o conhecia mas ele me conhece porque é leitor do blog,  o blog da uma intimidade tão grande e tão gostosa que o pai em questão esqueceu de dizer o nome mas mesmo sem dizer o nome dele posso dizer fiquei muito feliz em saber que meu blog tem um publico masculino bem interessante,  e principalmente por alguns serem pais e  estarem interessados em tentar desvendar os mistérios da maternidade pra poder segurar na mão da esposa e falar: “estou com você, estou tentando te entender”

Nos ultimos 2 anos tenho percebido que alguns  pais estão mais participativos na vida dos filhos, claro que existem pais e pais mas o que vejo na escola são pais que vão as reuniões, que deixam seus filhos na escola e que em algumas familia os direitos e deveres relacionados a criação dos filhos estão sendo igualmente divididos, pena que essa realidade está numa minoria de familias mas já é um grande passo alcançar essa minoria. Então vamos brindar aos pais participativos e ativos na familia. Uma categoria especial foi criada pra vocês: Coisas de Pai.

Agradeço aos meus novos queridos leitores e também aqueles que tem saido do anonimato, conheci a Polaro e o esposo dela no show do Zeca Balero, um casal lindo e super simpatico assim como a NannySantana e o namorado dela.

Viu? Eu existo e não sou apenas um programa de computador, desenvolvido para entretenimento. muaah

PS. Volta pro twitter Polaro

© 2012 Brindo à vida Suffusion theme by Sayontan Sinha